terça-feira , 23 janeiro 2018

Liturgia da Missa

biblia-e-caliceParticipamos frequentemente das ações litúrgicas, mas se não entendemos o que significam, não aproveitamos todas as maravilhas que poderíamos alcançar.

Em uma série de textos, a partir desta edição, iremos apresentar o que é Liturgia e a Missa em cada uma das suas partes. Ao entendermos o que é e conhecermos melhor cada momento da Missa, participaremos com mais amor e não como mera obrigação semanal.

Antes de Cristo, a humanidade já prestava culto a Deus, oferecendo sacrifícios para salvar-se, porém nenhum culto era perfeito, nenhum sacerdote era capaz de oferecer um sacrifício que salvasse toda a humanidade.

Deus nos ofereceu Cristo e Cristo se ofereceu por nós. Jesus Cristo veio para ser o único Sacerdote, do qual deriva todo sacerdócio.

Ele, e só Ele, poderia oferecer-se em sacrifício para salvar toda a humanidade. E hoje, toda pessoa batizada se torna membro de Cristo, e por isso participa de seu sacerdócio.

Cristo, sumo sacerdote e único mediador, fez da igreja “um Reino de sacerdotes para Deus seu Pai” (Ap 1,6).

A liturgia é a continuação da oferenda de Cristo ao Pai por meio do Espírito Santo. É a continuação, a realização do culto perfeito que Cristo prestou, na sua humanidade, ao Pai, para nos salvar. Cristo se ofereceu em sacrifício uma única vez “para sempre, oferecendo-se a si mesmo” (Hb, 7,27).

Pela liturgia fazemos memória de Jesus: recordamos o que Ele fez, disse e significa. A Liturgia realiza aquilo que se faz memória, faz acontecer hoje o que Jesus realizou no seu tempo.

Na missa, através do nosso sacerdócio, oferecemos continuamente o sacrifício perfeito, o próprio Cristo. Jesus derramou o seu sangue, entregando-se totalmente por amor à humanidade; e na Missa Jesus nos concede a mesma e única salvação conquistada no Calvário.

Por isso, afirmou o Vaticano II que “toda a celebração litúrgica, como obra de Cristo sacerdote e de seu corpo que é a Igreja, é ação sagrada por excelência, cuja eficácia, no mesmo título e grau, não é igualada por nenhuma outra ação da Igreja” (SC,7). (Cat. §1070).

E é na liturgia que “Deus fala a seu povo. Cristo anuncia o Evangelho. E o povo responde a Deus, ora com cânticos, ora com orações.” (SC, 13). A Liturgia é uma ação sagrada, com ritos, na Igreja e pela Igreja, pela qual se realiza e se prolonga a obra sacerdotal de Cristo, para a santificação dos homens e glorificação de Deus. (cf. SC, 7)

A Liturgia católica visa celebrar, tornar célebre, dar importância, honrar, exaltar, em comunidade, a Santíssima Trindade de modo especial e celebrar os Santos Mistérios contidos na Eucaristia e nos outro seis sacramentos instituídos por Jesus Cristo como sinais exteriores para transmitir sua vida.

E para melhor celebrar é necessário conhecer. Por isso, nas próximas edições, iremos apresentar a Missa em cada uma das suas partes, além de todos os outros sacramentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *